Um domingo em Manteigas

Posted on Posted in Banda Filarmónica, Cultural

A Banda da SMDC deslocou-se a Manteigas, no coração da Serra da Estrela, no passado domingo, para actuação integrada nas comemorações do 152.º aniversário da Banda Boa União –  Música Velha.

O convite, que chegou por correio electrónico em Janeiro último, partiu da Direcção da Banda Boa União – Música Velha, de Manteigas, BBU MV, que quis dessa forma reconhecer o facto de haver sido convidada a participar no nosso último “Encontro de Bandas”, realizado em Caneças em Outubro de 2015.

Banda da SMDC

Apesar de, infelizmente e por razões de força maior, não ter conseguido corresponder naquela altura ao nosso convite, este não ficou esquecido e foi agora retribuído.

Por essa razão, a nossa banda veio realizando nos últimos meses trabalho específico de preparação, por forma a apresentar-se com a dignidade que a ocasião merecia, e integrando nesses trabalhos, inclusive, um bom número dos alunos da nossa Escola de Música, que acompanharam a Banda nesta deslocação.

Banda Boa União – Música Velha

Quer a recepção aos músicos, quer o concerto, tiveram lugar nas excelentes instalações da sede da Banda Boa União,  a assim designada Casa das Artes, bem no centro da Vila de Manteigas.

Para início de festa, a direcção da BBU MV ofereceu a todos os convidados, músicos e seus acompanhantes, um almoço de confraternização, a que se seguiram os concertos de ambas as bandas participantes, cabendo à Banda de Caneças o privilégio de encerrar o evento.

Apesar do muito calor que se fazia sentir, as gentes de Manteigas vieram à rua para aplaudir o desfile das filarmónicas e acorreram ao local do concerto, praticamente lotando o auditório da Casa das Artes, e brindando as prestações de ambas as bandas com caloroso aplauso e inúmeras referências elogiosas.

No final, após a tradicional troca de lembranças, e a terminar o concerto, ambas as bandas executaram em uníssono a marcha “Boa União”, autoria do actual maestro da BBU MV, Ricardo Craveiro, composta para celebrar o 150.º aniversário da banda, após o que houve lugar a mais um “convívio filarmónico” e, de novo, com mesa farta e animação de encher a sala, com a alegria que é a marca da nossa jovem banda, e que acabou contagiando os locais.

Tal como havíamos noticiado, para uma boa parte dos músicos da nossa filarmónica, nomeadamente os mais jovens, esta foi a primeira saída importante, com uma deslocação tão longa, e constituiu por certo uma óptima experiência para todos eles, servindo também para perceber o ambiente de filarmónica numa outra perspectiva.

A Banda de Caneças, por intermédio dos seus músicos, deixou uma vez marca indelével nesta deslocação, levando o seu trabalho até outras paragens, representando a nossa freguesia e partilhando com um agrupamento congénere a sua paixão pela música filarmónica, enquanto, ao mesmo, desfrutava do convívio e saudável troca de ideias, que é habitual nestas ocasiões.

A Direcção da SMDC oficiou entretanto a sua congénere da Manteigas, agradecendo a forma particularmente agradável como nos recebeu, ficando desde logo a promessa de retribuir em ocasião futura realizando a necessária permuta.

Acrescentamos ainda um agradecimento ao executivo da Câmara Municipal de Odivelas que, na impossibilidade de ceder uma viatura do seu próprio parque auto, garantiu a realização da viagem sem quaisquer custos para a colectividade, com o recurso aos serviços de uma empresa privada.

Nota: por razões alheias à nossa vontade, a recolha de imagem durante os concertos não foi feita nas melhores condições, prejudicando a sua utliização.


RF

Fotos: Ana Arrais, Maria Seixo, Amélia Trindade